Os + Adorados da Natue!

25

26

27

28

29

30

natue

Cacau | Novo Queridinho das Dietas Nessa Estação!

Conheça os benefícios que o consumo regular do fruto pode trazer para a sua saúde e boa forma

No inverno, devido às baixas temperaturas, muitas vezes acompanhadas por aquela chuvinha constante que diminui ainda mais a sensação térmica, os programas ao ar livre ou fora de casa ficam comprometidos. As pessoas migram de lugares abertos para ambientes fechados e aconchegantes que proporcionam maior conforto e abrigo do frio. Consequentemente os cardápios também sofrem alterações, dando lugar a pratos quentes e mais encorpados, que aumentam a sensação de bem-estar. Entre eles estão os derivados de cacau, que figuram no topo da lista dos alimentos que são a cara da estação, afinal quem resiste a um belo fondue de frutas ou um chocolate quente bem cremoso?

O fato é que essas delícias típicas podem colocar em risco a boa forma, por isso muitos tentam evitá-las. No entanto, o que boa parte das pessoas ainda não sabe é que é possível saborear esses quitutes de maneira saudável e sem prejudicar a dieta, especialmente quando se trata do cacau, que dá origem ao tão amado chocolate. Especialistas afirmam que o consumo do alimento, da forma correta, não só pode trazer diversos benefícios para nossa saúde como ainda é capaz de potencializar a dieta e enxugar a silhueta. O cacau, além de ser uma delícia, é considerado um dos alimentos funcionais mais poderosos.

As vantagens vão além da sensação de bem-estar

Segundo a nutricionista Luciana Guerreiro, o fruto é rico em nutrientes que têm seus benefícios comprovados cientificamente:“Ele possui polifenóis e flavonoides, o primeiro elemento atua na redução da pressão arterial e também age para melhorar a saúde do coração, e o segundo trata-se de antioxidantes potentes, com ação extremamente hidratante, que age protegendo o organismo do excesso dos radicais livres – moléculas que, em grande quantidade, danificam vários tecidos corporais – e ainda previnem o envelhecimento precoce” – explica a profissional da Nature Center.

De acordo com Guerreiro, além desses benefícios, os grãos contêm vitaminas, minerais e ainda possuem propriedades anti-inflamatórias e anti-alergênicas. “A polpa tem vitaminas A, B1, B2, e vitamina C, além de fibras e minerais como o magnésio, cobre, cromo, manganês, zinco ferro, fósforo e cálcio”. O cacau carrega a fama de ser um grande aliado no combate ao mau humor e a maior vantagem atribuída ao fruto é a sensação de bem-estar gerada graças ao estímulo à produção de serotonina, mas a especialista afirma que seu efeito benéfico se estende muito além disso, confira os principais:

Melhora o bom-humor: O fruto contém um aminoácido chamado triptofano que é responsável pela produção de serotonina, neurotransmissor ligado ao bem-estar, e ainda é fonte de dopamina, que auxilia em uma maior sensação do prazer;

Excelente para mulheres: o triptofano também ajuda na saúde feminina prevenindo corrimentos, auxiliando no aumento da lubrificação íntima e combatendo os sintomas da TPM;

Melhora a saúde da pele: algumas substâncias como o retinol, ácido ascórbico e vitaminas do complexo B estão presentes no cacau, por isso o alimento é utilizado em máscaras que promovem a hidratação e oxigenação da pele. A nutricionista explica que: “O ácido ascórbico auxilia na eliminação das células mortas e suaviza as linhas finas por meio da esfoliação e os antioxidantes ajudam a retardar o processo de envelhecimento da pele”;

Amigo do coração: por ser fonte de magnésio, o cacau é capaz de diminuiras chances de coágulos sanguíneos se formarem o que, consequentemente, reduzos riscos de ataques cardíacos e derrames;

Fortalece a imunidade: o alimento estimula a produção de um tipo de glóbulos brancos: os linfócitos, que agem no sistema imunológico humano, defendendo o organismo contra vírus e bactérias;

Aliado do cérebro: os flavonoides também auxiliam na prevenção de patologias como a demência, poisa síndrome está relacionada a um fluxo menor de sangue ao cérebro, e o fito nutriente trabalha justamente aumentando a circulação sanguínea e de oxigênio nessa área. “A dopamina presente no cacau também atua no controle do movimento e memória, já a feniletilamina age no sistema nervoso central, por isso ele é associado à um melhor desempenho cognitivo” – afirma a nutricionista.

Cacau e Boa Forma

O cacau ajuda o corpo a metabolizar o açúcar e reduzir a resistência à insulina, por isso, ele é considerado um aliado na luta contra a diabetes. Seus polifenóis contribuem para o aumento da sensibilidade ao hormônio que regula os níveis de açúcar no sangue. O fruto também ajuda a regular a flora intestinal, pois flavonoides presentes em sua composição servem como alimento para as bactérias probióticas, que beneficiam o funcionamento do intestino. Além disso, estudos apontam que o consumo de derivados do cacau antes e depois dos exercícios físicos pode aliviar o desgaste muscular e as dores, contribuindo também no processo de regeneração muscular e ainda melhora a oxigenação nessa área durante o treino, aumentando a performance, por ser um potente vasodilatador.

Consagrado pelo Chocolate

O cacau é a principal matéria-prima de um dos doces mais amados no Brasil e no mundo. É difícil encontrar quem não aprecie o quitute, no entanto, para aproveitar os seus benefícios, o chocolate deve apresentar uma boa concentração do fruto, além disso, para conservar o efeito dos seus nutrientes é preciso ficar atento aos outros componentes da fórmula. De acordo com a lei para ser comercializado como chocolate o alimento deve conter no mínimo 25% de cacau em sua composição, mas isso não o qualifica entre os melhores para a saúde e dieta, pois, os 75% restantes geralmente são compostos por leite integral, açúcar, aditivos, gordura hidrogenada e outras substancias químicas.

A nutricionista explica que o ideal é optar por versões com um percentual de cacau maior, pois, quanto mais elevada for a quantidade do fruto maior será o potencial nutritivo do alimento. “Não adianta consumir um chocolate rico em açúcar, ele vai gerar um pico de açúcar no sangue e logo, do hormônio Insulina, gerando mais fome, compulsão e a temida gordurinha abdominal”, diz a nutricionista Luciana Guerreiro. Outra dica da especialista é evitar o chocolate diet: “Ele é indicado somente para quem tem diabetes por não conter açúcar, mas para quem não possui a doença ele não é uma boa opção, pois contém a química de um adoçante de qualidade ruim e também pode gerar pico de Insulina, somente pelo sabor doce que ele contém. O consumo recomendado para um cardápio saudável deve girar em torno de 30 gramas da guloseima por dia, mas procure sempre os chocolates com percentual de cacau acima de 60% e com xilitol ou stevia, adoçantes mais naturais, quando usados”.

Veja os diferentes tipos e suas características

50%: Indicado para quem quer começar a degustar um chocolate com maior qualidade. Nesse percentual é possível sentir um gosto diferenciado e uma acidez mais intensa;

60%: Essa versão apresenta um traço amargo mais acentuado e maior índice de retrogosto –lembrança do gosto que permanece na boca após o consumo do alimento;

75%: Esta faixa de concentração de cacau apresenta um equilíbrio entre o prazer do sabor e a qualidade do produto. Seu gosto é intenso e marcante.

85%: Nesta versão o sabor intenso e amargo remete ao café preto e sua textura derrete de forma bem lenta na boca. Não contém adição de açúcar.

99%: É um dos mais difíceis de ser encontrado no mercado e possui um sabor salgado, porém é o que apresenta maior concentração de flavonoides.

Outras versões do cacau

Há outros subprodutos do cacau para o consumo, como sua polpa, suco, geleia, destilados finos e sorvete. Ao contrário do que acontece com o chocolate que, além do fruto, são adicionados vários outros ingredientes que o tornam gorduroso e calórico, alguns, como a polpa e o cacau em pó, se mostram uma alternativa mais atraente para quem deseja potencializar a dieta e manter a boa forma, aproveitando ao máximo todos os nutrientes do alimento.

Utilizado nas mais variadas receitas, a versão em pó é livre da adição de açúcar e é altamente recomendada como substituta para os tradicionais achocolatados consumidos com frequência no café da manhã. A especialista ainda afirma que o cacau em pó pode agregar sabor e saúde à diversos preparos: “pode ser polvilhado em cima do iogurte ou de frutas como a banana, por exemplo, sem a necessidade de adoçar, ou usado na preparação de bolos, cookies, panquecas, shakes e vitaminas. Outra opção é preparar o chocolate quente, que é a cara do inverno, com o chocolate em pó em leites vegetais como leite de castanhas, de amêndoas e de coco. Como o sabor dessa versão é mais forte e marcante, não é preciso utilizar muito, a quantidade vai depender da receita e do paladar” – acrescenta a nutricionista.

Fonte:Nature Center

naturecenter

Combata a Calvície e Fortifique seus Cabelos | Follixin

O sonho de qualquer pessoa que gosta de cuidar da aparência é ter uma pele saudável e macia, além de cabelos sedosos e hidratados como os das propagandas de produtos de beleza, não é mesmo? Quem nunca sonhou com aqueles longos fios macios, hidratados e brilhosos? Mantê-los sem frizz e com um aspecto bonito não é um desafio fácil de ser encarado por muitas pessoas que costumam frequentar salões de beleza em busca de um cabelo saudável.

Mas para muitos que sofrem com problemas capilares, o sonho de exibir uma cabeleira de dar inveja é ainda mais distante, pois são esses distúrbios que muitas vezes acabam tirando a autoestima da pessoa e a deixando deprimida por sua aparência. A calvície e queda de cabelo podem causar, até mesmo, certa vergonha naqueles que lidam com o problema e afasta-los do convívio social pelo simples fato de não estarem felizes com o que veem no espelho. Outras pessoas preferem usar recursos como um chapéu para esconder as falhas ou até mesmo a famosa peruca, que nem sempre é capaz de dar aquele aspecto natural tão desejado.

 Um deles é o Follixin, um suplemento alimentar totalmente natural que possui propriedades que estimulam o crescimento dos fios e descalcificam as áreas calvas do couro cabeludo.

Para que serve Follixin?

O suplemento alimentar Follixin é excelente no combate à queda de cabelo excessiva, isso porque ele possui em sua fórmula duas vitaminas do complexo B, a B6 e B7, responsáveis por fortificar os fios e incentivar a hidratação das mechas para evitar doenças capilares como a calvície e alopecia. Além disso, o Follixin possui vitamina A que é capaz de restaurar a hidratação natural dos fios ressecados e quebradiços do couro cabeludo, o que faz com que o grisalho também seja retardado.

Outro composto importante presente no suplemento alimentar é a vitamina D, responsável por estimular a criação de folículos porosos, encarregados por sustentar os fios e fornecer nutrientes vitais para mechas mais saudáveis. Além da vitamina C também presente na composição do suplemento, que auxilia na proteção do couro cabeludo e previne contra a descamação excessiva dos fios, problema que pode resultar em doenças como a caspa.

Follixin funciona?

Com uma fórmula baseada em minerais e vitaminas, o suplemento alimentar é capaz de auxiliar no desenvolvimento de novos fios de cabelo, revigorar a saúde do couro capilar e ainda garantir uma melhor hidratação das mechas, pois ele possui em sua fórmula o Zinco, um mineral capaz de ajudar na cicatrização de feridas e produção do sebo que hidrata os fios e os livra de doenças capilares como a seborréia e o acúmulo de caspa. O Follixin também é encarregado por ajudar no desenvolvimento de novas células que repõem as antigas e dão um aspecto jovem e saudável aos cabelos.

O suplemento alimentar também é capaz de evitar as marcas de calvície e combatê-las, pois o magnésio presente ajuda a descalcificar os poros do couro cabeludo, responsáveis por impedir a passagem dos nutrientes necessários para a hidratação e fortificação das mechas. Muitas vezes, a carência de nutrientes pode estar por trás do distúrbio capilar, motivada pelo baixo consumo de minerais e vitaminas vitais para a saúde das mechas e, dessa forma, necessitam apenas de uma suplementação alimentar para que os fios voltem a crescer com todo vigor. É justamente isso que Follixin proporciona!

Fórmula revigorante

Vitamina A – restaura a hidratação natural dos fios

Na fórmula do Follixin está presente umas dos principais nutrientes para a saúde dos fios: a vitamina A. Apesar de ser conhecida como um importante elemento de proteção dos olhos e essencial para a pele, esse é um composto conhecido pela notável atividade antioxidante que ajuda na produção de óleo realizada pelo couro cabeludo para manter os fios hidratados. Além disso, a vitamina A é capaz de restaurar a hidratação das mechas, pois ela forma um revestimento nas camadas que permite uma maior retenção da umidade no couro cabeludo e ainda é responsável por combater o envelhecimento precoce das mechas e incentivar o crescimento dos fios.

Vitamina C – combate o enfraquecimento dos fios

Outro elemento extremamente benéfico para a saúde do cabelo é a vitamina C presente no Follixin. Responsável por dar brilho aos fios, o nutriente é capaz de proteger o couro cabeludo da queda capilar exagerada, promover menos desgaste da fibra e descamação dos fios, eliminar o sebo de cabelos oleosos e ainda proteger as mechas de agressões constantes dos radicais livres encontrados na poluição, fumaça de cigarro e até a radiação solar. Essas moléculas instáveis são responsáveis por danificar as estruturas do cabelo, oxidar os fios e ainda lesar a cutícula das mechas, fazendo com que fiquem ressecadas e opacas.

Quem lava frequentemente o cabelo também não escapa dos efeitos dos radicais livres, pois a água do chuveiro possui cloro, que em contato com o couro cabeludo pode fazer com que os fios sejam danificados. O papel da vitamina C é justamente fechar as cutículas dos fios e ainda combater os radicais livres sem prejudicar a saúde das mechas.

Vitamina D – estimula o couro cabeludo

O suplemento alimentar também possui em sua composição a vitamina D, um elemento fundamental para manter a saúde das unhas e combater a queda excessiva de cabelo. Além de manter os ossos e a pele em bom estado, a vitamina D é capaz de ajudar na formação de novos folículos pilosos, que são os poros onde os fios se desenvolvem. Ela é responsável por estimular esses pequenos furos que ficam dormentes, evitando assim a famosa calvície que tanto incomoda, na sua maioria, os homens.

Além de ser encontrada em alimentos como peixes (atum e salmão), leite e seus derivados, carne de fígado, cereais e suco de laranja, a vitamina D presente no Follixin também pode ser produzida pelo próprio organismo quando em contato com a luminosidade. Esses folículos pilosos possuem pequenos receptores de luz que são ativados quando o Sol entra em contato com o corpo e, então é formada uma reação química complexa que é metabolizada na forma de vitamina D e distribuída por todo o corpo. Por isso pessoas que possuem pouco contato com os raios solares ou têm grande queda de cabelo podem usar suplementos a base dessa vitamina, como é o caso do Follixin.

Ácido Fólico – renovação das mechas

Pertencente à família do complexo B, o ácido fólico é uma vitamina também fundamental para a boa conservação dos fios, pois ele é o responsável por auxiliar na mudança das células velhas para as mais novas e é justamente por isso que ele é tão importante para as mechas, pois, por meio desse processo ele é capaz de auxiliar no crescimento e desenvolvimento de novas células, órgãos, tecidos e outras estruturas do organismo como o cabelo. Além dessa importante função, o ácido fólico também é responsável por beneficiar a formação dos glóbulos vermelhos e cuidar do sistema nervoso central.

Zinco – retarda o envelhecimento capilar

Presente no Follixin, o zinco é um mineral fundamental para manter os fios saudáveis e hidratados por meio da produção do sebo para os folículos capilares, o que previne contra doenças incômodas ao couro cabeludo como, por exemplo, a seborreia e o acúmulo de caspas. Além disso, o mineral é capaz de auxiliar processos metabólicos importantes para o organismo como a cicatrização de feridas no corpo e na cabeça. O mineral também é fundamental para sustentar os fios e torná-los mais resistentes, além de ajudar a retardar o surgimento de cabelos grisalhos e evitar a calvície.

Em níveis baixos no organismo o zinco pode fazer com que os fios fiquem fracos e caiam com maior frequência, mas em excesso ele também é capaz de acarretar alguns problemas capilares como, por exemplo, um crescimento mais lento que o normal dos fios. Em quantidade exagerada o mineral também é capaz de neutralizar a ação de outros elementos importantes para o organismo como o magnésio, o ferro e o cobre.

Magnésio – combate a calcificação dos poros

Além de ser vital para o bom funcionamento do corpo e responsável por participar de mais de 300 reações enzimáticas no organismo, o magnésio presente no Follixin tem a capacidade de defender o couro cabeludo da calcificação dos poros que acarreta em calvície. Ele é responsável por dissolver os depósitos de cálcio armazenados no couro cabeludo, fazendo que dessa forma os fios recebam nutrientes para se manterem firmes e hidratados. Além do excesso de cálcio, o magnésio também é capaz de agir na diminuição dos processos inflamatórios de vitaminas responsáveis pela queda de cabelo excessiva.

Vitaminas do Complexo B

O Follixin também é rico em vitaminas do complexo B, são elas: B1, B2, B3, B5, B6, B7 e B12, responsáveis por inúmeras funções vitais ao organismo como, por exemplo, oxidação do açúcar no sangue, proteção do sistema nervoso de doenças degenerativas, auxílio no desenvolvimento de órgãos reprodutivos, conversão de gorduras e carboidratos em energia para o corpo, etc.

Biotina – turbina o crescimento

Dentre as muitas vitaminas, existe uma que merece destaque: a B7. Encontrada em alimentos como ovos, frutas vermelhas, cenoura e oleaginosas, a Biotina, como é conhecida, é uma peça importante quando o assunto é saúde capilar, isso porque ela é capaz de promover o crescimento saudável do fio de cabelo e garantir que a raiz não fique seca, fazendo com que as mechas pareçam ressecadas.

Além disso, a biotina é capaz de ajudar na saúde da pele, unhas e cabelo, contribuindo para que não haja queda excessiva e fortalecendo os fios e unhas para que não sofram quedas e fiquem mais sadios, além de livrá-los de problemas estéticos como a acne, dermatite e alopecia.

Piroxidina – protege os fios contra danos químicos

Outra importante vitamina do complexo B presente na fórmula do Follixin é a B6, conhecida como piroxidina e fundamental na prevenção de doenças dermatológicas e capilares. Essa vitamina participa da multiplicação das células, produção de hemácias e fortalecimento do sistema imunológico, além de ser capaz de influenciar o sistema nervoso por meio dos efeitos que exerce em minerais e neurotransmissores cerebrais.

Ela também possui grande influência nos fios, pois além de ser responsável por fortificar e hidratar as mechas, a piroxidina também ajuda na criação de niacina, vitamina necessária para uma circulação sanguínea saudável, e auxilia no preparo dos fios os deixando mais resistentes para que sofram processos químicos ou uma coloração.

Benefícios além da beleza

Por mais que o suplemento alimentar Follixin seja voltado para a recuperação da sua autoestima diante do espelho exibindo cabelos saudáveis e hidratados, existem outras necessidades que devem ser levadas em conta como, por exemplo, uma estrutura óssea fortificada para encarar as atividades do dia a dia sem ter que encarar dores nas articulações ou nos ossos, e até mesmo uma memória saudável para combater os esquecimentos da idade e ter uma vida mais saudável por meio do controle dos níveis de colesterol. É por isso que o suplemento alimentar possui em sua fórmula excelentes elementos que te proporcionam uma melhora na saúde enquanto cuida daquele incômodo lugarzinho da cabeça que não cresce mais cabelo.

Conheça outros elementos do Follixin

Um desses componentes importantes presentes no Follixin é a colina, uma vitamina extremamente importante para diversas funções do corpo como, por exemplo, manter o bom funcionamento do fígado, auxiliar nos impulsos nervosos adequados, o que faz com que o risco de perda de memória diminua conforme o envelhecimento, além de auxiliar na diminuição da fadiga muscular e ajudar a equilibrar os níveis de HDL, o colesterol bom.

Outro importante mineral presente no suplemento alimentar é o cálcio, um importante elemento responsável por revestir todos os ossos do esqueleto e torná-los mais fortes e resistentes, inclusive os dentes. Esse mineral também é o responsável por ajudar na transmissão de impulsos nervosos, secreção de hormônios como é o caso da insulina e na contração muscular.

É importante ressaltar que quando esse mineral está em excesso nos folículos pilosos e o magnésio em falta, há um efeito reverso ao desejado por quem deseja ter fios sedosos e fortificados. Isso porque o magnésio não é capaz de distribuir o cálcio pela corrente sanguínea e para os ossos, então o mineral se aloja nos pequenos poros do cabelo e calcifica a entrada fazendo com que as mechas não recebam os nutrientes necessários para se manterem firmes e hidratadas, ocasionando a calvície.

Contraindicação e recomendação de uso

Por mais que Follixin seja um suplemento alimentar totalmente natural, gestantes, lactantes crianças e portadores de doenças graves devem procurar médicos especialistas antes de começar a fazer uso, para que eles possam recomendar a dose certa para cada tipo de necessidade. Porém, o recomendado é a ingestão de uma cápsula, duas vezes ao dia antes das principais refeições.

Antes de fazer uso de produtos naturais é de costume que algumas pessoas procurem informações a respeito do suplemento para saber a procedência e qualidade do mesmo, não é mesmo? A Nature Center é uma loja há mais de dez anos no mercado com qualidade renomada e produtos com selo de aprovação dos órgãos de saúde do Brasil, por isso não perca tempo e nem esquente a cabeça na hora de procurar seu Follixin.

Fonte: Nutricionista: Sinara Menezes

naturecenter