NATUE | MATCHÁ

SAIBA TUDO SOBRE O MATCHÁ

O consumo de chá conquistou povos de diferentes partes do mundo, principalmente os japoneses, conhecidos por realizar o “chanoyu”, uma cerimônia milenar em que é preparado o matchá, um tipo de chá verde obtido a partir das folhas da Camellia sinensis.

Todo esse preparo especial não é para menos: por ser cultivado na sombra e passar por um processo de secagem em que as folhas são maceradas lentamente até virar pó, o matchá é considerado uma bebida nobre, inclusive pelos benefícios que oferece à saúde. Esse processo de cultivo aumenta a concentração de clorofila e outros aminoácidos, como a L-teanina, que confere um sabor mais suave e ajuda a equilibrar a ação da cafeína, já que tem ação relaxante.

BENEFÍCIOS DO MACHÁ

O matchá é considerado um dos alimentos com maior poder antioxidante que existe, com 137 mais catequinas que o chá verde comum. Essas substâncias antioxidantes possuem a capacidade de neutralizar a ação dos radicais livres nos tecidos, o que ajuda a prevenir o envelhecimento celular e o desenvolvimento de diversas doenças, como problemas cardiovasculares e até câncer. Além de todos esses benefícios, esse chá ainda possui ação anti-inflamatória, ajuda a diminuir os níveis de colesterol no sangue, a eliminar as toxinas do organismo – ou seja, apresenta propriedades detox – e também é um poderoso termogênico.

COMO TOMAR O MATCHÁ

O matchá é encontrado na forma de um pó verde, com sabor amargo característico. Ele pode ser preparado como chá (basta diluir uma colher de sopa de matchá em 300 ml de água) ou no preparo de shakes, sucos, vitaminas, tortas, sobremesas e bolos. Apenas uma xicara de chá ao dia já garante os seus benefícios, mas seu consumo deve estar aliado à alimentação equilibrada e à prática de atividade física.
É preciso armazenar o matchá com cuidado, preferencialmente em um pote bem fechado e no escuro, para evitar a oxidação e a perda de suas propriedades.

EQUIPE NATUE

natue