SPFW | Calendário de Desfiles da 42ª Edição

Evento será realizado de 23 a 28 de outubro, no Parque do Ibirapuera e outros locais da cidade.

Semana de moda promete ocupar outros espaços da cidade, além da Bienal do Ibirapuera fotosite/divulgação

SPFWTRANSN42 – Calendário de Desfiles

Transformação, transgressão, transição. Em sua 42ª edição, o São Paulo Fashion Week chama a atenção mais uma vez para o cenário de mudanças próprio de um início de século. São novos desafios, novas maneiras de fazer as coisas, outras oportunidades. O prefixo trans traduz a ideia de ir além. Serve para nos provocar. Sozinho ou em associação com outras palavras, ele é a marca dessa edição, que acontece de 23 a 28 de outubro, no Parque do Ibirapuera e ocupa outros locais da cidade.

A moda, mais que qualquer outro setor, inspira novas possibilidades e potenciais. Diante da velocidade da informação e das novas demandas que esta gera, o mercado se movimenta para sincronizar seus lançamentos com o desejo do consumidor final. Entre a transição e a transformação, o SPFW é a primeira semana de moda no mundo a adotar o conceito see now buy now, que começa a revolucionar o varejo mundial e já vem sendo incorporado de forma ainda isolada por algumas grandes marcas internacionais.

Com cenografia pop assinada pelo designer e artista Kleber Matheus, a luz é o elemento condutor desse momento que projeta mudanças e celebra a força do movimento criativo. A edição marca a estreia da LAB, dos irmãos e artistas Emicida e Evandro Fiotti, com direção criativa do estilista João Pimenta. E ainda a participação especial da Memo E+, em parceria com a Lolitta; da Just Kids, nova marca das estilistas Juliana Jabour e Karen Fuchs, e do Experimento Nohda projeto colaborativo que reúne as marcas Pat Bo, Apartamento 03 e Lucas Magalhaes.

Além dos desfiles, o São Paulo Fashion Week apresenta as exposições “Lino + Miro – A construção da imagem” , resultado da colaboração entre o estilista Lino Villaventura e o fotógrafo Miro, e “Essência“, ensaio com fotografias de Rodrigo Bueno. O Shopping Iguatemi São Paulo traz ainda para a agenda oficial do SPFW o projeto “Fio da Meada“, uma programação multidisciplinar, que contará com uma série de conteúdos e terá a presença de grandes nomes nacionais e internacionais do cenário de moda, varejo e consumo.

Confira abaixo o calendário de desfiles:

23.10 DOMINGO
17h Animale

24.10 SEGUNDA
10h30 A La Garçonne
11h30 Reinaldo Lourenço
17h30 Patricia Viera
19h30 Lab

25.10 TERÇA
10h Fernanda Yamamoto
11h30 Lolitta
14h30 Experimento Nohda
17h30 Abrand
19h30 Lilly Sarti

26.10 QUARTA
10h Iódice
12h30 Água de Coco
14h30 Ronaldo Fraga
17h Vitorino Campos
18h30 Amir Slama
20h Osklen

27.10 QUINTA
12h20 Gloria Coelho
13h30 Vix
17h Just Kids
18h Samuel Cirnansck
19h30 Ratier
20h30 Helô Rocha

28.10 SEXTA
17h30 Cotton Project
19h João Pimenta
20h30 Coca Cola Jeans

Siga SPFW nas redes sociais para mais informações e novidades:
facebook.com/SPFW
instagram.com/SPFW
twitter.com/SPFW

faixa

Interior Fashion Arts/2016 | A Moda e Seus Infinitos Cafezais

Ribeirão Preto irá sediar o maior evento de moda do interior de São Paulo.

O IFA será de 20 a 22 de outubro com showroom de moda atacadista, palestras e desfiles com marcas e estilistas renomados.

A Estrada de Ferro Mogiana foi responsável pelo notável progresso da Vila do Ribeirão Preto, a partir de 1883. Além da ferrovia, as correntes migratórias que paulatinamente foram substituir a força do trabalho escravo representaram outro fator de progresso do Município. A produção cafeeira impulsionou a economia do Oeste Paulista e dessa forma, a aristocracia tinha acesso a todas as novidades lançadas na Europa. O café foi um dos responsáveis pelo progresso econômico da cidade que viveu anos de glória, tornando-se a “capital mundial do café”.

Devido à sua agitada vida noturna, Ribeirão Preto foi denominada “petite Paris” (pequena Paris). O grande poder aquisitivo dos coronéis do café fez com que a cidade se desenvolvesse a ponto de ser comparada a grandes metrópoles da época, como a capital francesa. Imitando sua arquitetura e hábitos sociais, surgiram vários teatros e sociedades que promoviam os eventos e entretenimentos sociais.

As modas de cores de vestidos, de enfeites de chapéus, de espartilhos, de penteados, eram seguidas pelas mulheres da “alta sociedade” cafeeira. Estas mulheres também tinham agora uma vida noturna – na qual podiam “desfilar” seus suntuosos vestidos – iam a bailes, cinemas, teatros, cafés e praças. O luxo adquiriu proporções tamanhas que as mulheres da sociedade que tinham maiores condições financeiras, iam a Paris para se vestir, se calçar, se pentear e se perfumar.

Muitos enxovais de casamento das mulheres ribeirão-pretanas eram encomendados a costureiras parisienses. Os ribeirão-pretanos abastados possuíam seu próprio apartamento em Paris. Ribeirão Preto, envolvida na dinâmica da cultura cafeeira, era um pólo de extrema importância na urbanização das cidades interioranas e receptoras das novidades europeias.

A significação da moda está nas relações, nas vivências, nas representações e naquilo que direciona a conexão dos indivíduos com as roupas. A busca pelo belo sempre esteve presente em nossa sociedade, através de suas roupas que expressam ideias, conceitos e atitudes.

O que é o evento?

O Interior Fashion Arts (IFA) é um evento que veio por conta da ausência de uma ação que envolva moda e arte no interior de São Paulo, começando por Ribeirão Preto. É um nicho ainda muito a ser explorado, pois podemos observar que as principais regiões do País possuem um evento como esse. O objetivo é fomentar a região para negócios com esses setores, onde grandes marcas e estilistas apresentarão as tendências na passarela e lojistas atacadistas poderão lançar novas coleções e fechar negócios na feira interna. Pessoas ligadas a arte também terão espaço para expor trabalhos e realizar ações dentro do evento.

Moda e negócios

O evento envolverá feira de negócios atacadista, palestras e desfiles de grandes estilistas, no Centro de Eventos Taiwan. O evento vem de encontro com a pesquisa do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) Maps, que aponta que o potencial de consumo no setor será 9,3% maior que em 2015, superando R$ 825 milhões.

Uma exposição de estilos recepcionará os visitantes na entrada do evento. Com o tema “A moda e seus infinitos Cafezais”, a mostra terá como proposta aliar moda e arte. Renomados estilistas da cidade e da região foram convidados pelo IFA para resgatar a moda da época de ouro em Ribeirão Preto e transportar os estilos das baronesas para as tendências atuais. No final do evento, as roupas e acessórios serão leiloadas para entidades locais.

Palestras promovidas pelo Departamento de tecnologia de Moda do SENAI de São Paulo e Franca/SP e pelo SEBRAE e a Galeria de Artes produzida pela Secretaria de Cultura da cidade também fazem parte da programação do Interior Fashion Arts.

Promovido pela Dress Code Eventos e Oceano Azul Eventos, o IFA já conta com o patrocínio de empresas ligadas ao segmento, como o Shopping Iguatemi Ribeirão Preto e a grife Golfe Class, além do apoio da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp), do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Senai, Sebrae, Sindicato das Indústrias do Vestuário de Ribeirão Preto (Sindiverp) e Convention & Visitors Bureau e Secretarias de Cultura e Turismo.

Glamour

Durante três dias, a cidade de Ribeirão Preto irá respirar moda. Enquanto ocorre a feira de negócios voltada para lojistas do varejo e para aqueles que querem mergulhar neste universo da moda, quatro desfiles ocorrerão a cada dia. Para o primeiro dia já está confirmado João Pimenta, que irá lançar uma coleção exclusiva no IFA. O estilista desfila há cinco anos no SPFW. O credenciamento de visitantes é gratuito pelo site www.interiorfashionarts.com.br.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A entrada será gratuita!!!

Demais Né!!! Ansiosa?

BoRaLá! 🙂

4