The Future of Fashion | London

Loja de varejo The Future of Fashion apresenta as marcas de moda mais inovadoras de Londres.

Foto Divulgação

Uma nova loja abriu em Londres dedicada ao futuro da moda. O espaço é uma parceria entre a Incubus Ventures e o Camden Market, que pretende mostrar ao público os estilistas e designers de moda mais inovadores do Reino Unido, principalmente os que os unem tecnologia e moda. Durante os próximos três meses, as novas marcas terão a chance de mostrar suas coleções e gerar novos negócios.

A loja de varejo The Future of Fashion estará aberta até o final de setembro no famoso Camden Market e a loja contará com uma constante mudança no line-up das marcas, que foram selecionadas porque oferecem uma nova moda e novas experiências de varejo, como a impressão 3D, verificação do corpo em 3D e técnicas de corte a laser.

Foto Divulgação

As marcas que estão atualmente em exposição no espaço incluem:

TD Kent – Marca de óculos de luxo sob medida que utiliza materiais diferentes embutidos em resina, utiliza impressão 3D e as últimas tecnologias de digitalização do rosto para criar um único par de óculos desenhados especificamente para o cliente.

Bodi.me – Empresa que combina os dados recolhidos a partir dos scanners corporais em 3D do cliente com os tipos de roupas disponíveis e recomenda um tamanho exato para ele vestir, reduzindo a frustração que resulta da entrega do tamanho errado.

Zolà – Marca que cria roupas com edição limitada, com estampas e desenhos artesanais criados pela artista, fotógrafa e designer Zoë Lower. Ela manipula suas próprias pinturas e imagens, desde flores a paisagens do oceano, para criar cativantes caleidoscópios e obras de arte da moda. Zoë também dirige e fotografa todas as imagens para as campanhas da marca. Cada estilo é limitado para apenas 10 peças para cada estampa digital.

REIN – Marca de moda feminina inovadora que está crescendo rápido pois usa um único processo de corte a laser para cria roupas futuristas e minimalistas. A marca caiu nos gostos de Lady Gaga, Eva, Charli XCX e Little Mix.

ESPIA SÓ!

A loja The Future of Fashion além de ser um espaço envolvente e interativo, sediará eventos regulares com os designers residentes, bem como desfiles e lançamentos de produtos para os mais de 500.000 visitantes que vêm para Camden Market a cada semana.

Os designers residentes fazem parte do programa de aceleração de star-tups de varejo Incubus Ventures, que também lhes fornece acesso a uma grande rede de mentores. Representantes da Nike, Marks and Spencer, ASOS e Net-a-Porter irão fornecer aos jovens empreendedores conselhos e orientações sobre planos de negócios, vendas, marketing e muito mais. Londres quer se tornar a capital mundial da moda tecnológica.

Fonte: StyloUrbano

 

Com 150 peças, maior mostra de looks de Elizabeth II entra em cartaz

“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe”, em cartaz no Palácio de Buckingham Créditos; Getty Images

Vestidos, capas e casacos do guarda-roupa da rainha Elizabeth II – uma das clientes de alta-costura mais antigas e fieis do mundo – serão exibidos a partir deste fim de semana, e até o dia 2 de outubro, no Palácio de Buckingham, na mostra “Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – a maior já dedicada a suas roupas, e que marca as comemorações do aniversário de 90 anos da monarca.

Com 150 peças, esta é a exposição central de um total de três mostras dedicadas às roupas da rainha, que vão acontecer simultaneamente. As demais se encontram no Holyroodhouse, em Edimburgo (em cartaz até o dia 16 de outubro), que explora o xadrez tartan presente nas produções da realeza, e no Castelo de Windsor (em cartaz a partir do dia 17 de setembro), que reunirá trajes noturnos usados em ocasiões especiais. Cada uma trata as vestes da monarca sob um ponto de vista particular .

Segundo Caroline de Guitaut, curadora das três exposições, o conceito da mostra do Buckingham é refletir o equilíbrio com que a rainha sempre se preocupou para criar seu estilo próprio, se certificando de que as roupas não a atrapalhariam durante seu trabalho. A forma como a monarca sempre esteve aberta a novos talentos também entra em pauta. Em 1952, quando precisava de um manto cerimonial, Elizabeth pediu ideias para estudantes da Royal College of Art, de Londres, e acabou elegendo um modelo feito por um deles, considerada moderna para a época.

Destaque para as criações assinadas pelo costureiro de longa data da rainha, Norman Hartnell, que desenhou seu vestido de noiva e, seis anos depois, o vestido que ela usou em sua coroação. Pela primeira vez, as duas peças serão exibidas juntas. Dois dos raríssimos looks pretos usados por Elizabeth II quando jovem, criados por Hartnell, também estão em cartaz. Depois que foi coroada, a rainha só tem permissão para usar a cor em situações de luto ou visita ao papa.

“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
Chapéu criado por Angela Kelly usado pela rainha no casamento de seu neto, o príncipe William, com Kate Middleton, em cartaz na exposição “Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
Detalhe de vestido criado por Hardy Amies em cartaz na exposição “Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images

REBLOG: Glamurama

A expo fica aberta até 2 de outubro. Se estiver em Londres, tem que visitar!

3 - ficadica

Dior | Inauguração Londres

A @diorContinuando as festividades celebrou a inauguração de sua nova loja, em New Bond Street, em Londres, com uma orquestra que foi cercada pela flor símbolo da maison, a Delphinium.

Foto Reprodução

It’s Marvelous!  #fashion #dior #flower

Junto com a série de edição limitada de artigos de couro, tem @MarcQuinnArt também nas paredes da boutique ‘New Bond Street’, personalizada com suas hiper-realistas ilustrações.

Foto Reprodução

Espia Só! Um LuXo!

👏🏼👏🏼👏🏼✨✨✨

BOLSA DE TECIDO COM AMY WINEHOUSE PINTADA À MÃO DA ROSIE WONDERS

rosie-wonders-2

COM TRABALHO 100% MANUAL, ROSIE WONDERS VENDE PRODUTOS COM O ROSTO DE AMY WINEHOUSE E MANDELA

POR

Passeando por Londres, é inevitável não se deparar com as lojas de fast fashion. Por onde você anda, até pelos lugares mais “off the map”, elas estão sempre na esquina mais próxima ou do outro lado da rua. Achei engraçado como elas estão copiando o estilo do Kanye West, com os shapes alongados, camisetões brancos, moletons, etc, tudo bem comprido. Há também uma vibe Rick Owens, com peças femininas assimétricas, em tons terrosos ou cinza, com materiais misturados na mesma peça.

Mas o que me chamou a atenção um dia não foi roupa, e sim, um cartão postal. Nele, em um fundo rosa pálido, a imagem de Amy Winehouse pintada à mão. Pensei: “isso eu vou levar”. Olhando para o lado, ainda vejo outros ícones como John Lennon, Bob Marley, Mandela, Frida Khalo, Elvis, Liz Taylor…

Ali, no meio daquela zona que é a Topshop, estava um pequeno stand da designer Rosie, com sua marca Rosie Wonders, de cartões, cadernos, papel de presente, tatuagens e bolsas, todos pintados manualmente em papéis de florestas sustentáveis e impressos na Inglaterra. Essa linha específica chama-se Iconic Figures, mas há outros temas como unicórnios (uma onda em Londres), Natal, flores, folclore, etc.

Não resisti e fiz um kit Amy pra mim, com cartões, caderninhos e bolsa (simples, de tecido reciclado) e mais outros cartões do Bob e da Liz, que eu não vou mandar pra ninguém e sim fazer uma série de quadrinhos, já que juntos, suas cores combinam tão bem.

A marca começou quando Rosie trabalhava como produtora de TV num ritmo zero criativo. No tempo livre, ela começou a fazer cartões à mão e então mandava para os compradores das principais lojas de Londres, como Selfridges, Liberty e a papelaria delícia Paperchase (amo papelaria). Seu primeiro cliente foi a Selfridges e o negócio acabou se desenvolvendo a partir daí para desenhar uma série de tattoos para a Cartier e fazer a vitrine da Liberty.

Rosie tem como principais inspirações culturas de diversos países, as cores do México e Índia e o kitsch japonês. Os preços vão de £3.95 (aprox. R$ 24) no caso dos cartões a £30 (R$ 180) pelas bijus de metal. Muitos produtos podem ser encontrados em lojas selecionadas, mas não é tão fácil assim achar, então o melhor jeito é pelo site.

O trabalho artesanal e delicado da Rosie Wonders vale à pena conhecer. É não apenas muito gracioso como também produzido da maneira mais consciente possível.

AMY’S FEVER: CADERNOS E POSTAIS ARTESANAIS COM O ROSTO DE AMY WINEHOUSE E OUTROS ÍCONES
AMY’S FEVER: CADERNOS E POSTAIS ARTESANAIS COM O ROSTO DE AMY WINEHOUSE E OUTROS ÍCONES
BOLSA DE TECIDO COM LIZ TAYLOR PINTADA À MÃO DA ROSIE WONDERS

❤ ❤ ❤

British Fashion Awards 2015

O teatro London Coliseum foi palco nessa segunda-feira do British Fashion Awards deste ano, que reuniu – como esperado – a nata dos estilistas, modelos e editores de todo o mundo, no que é considerado o Oscar da moda inglesa. Naomi Capbell, Mario Testino, David e Victoria Beckham, Lady Gaga, Karl Lagerfeld e Stella McCartney foram apenas alguns dos convidados que brilharam durante a premiação.

Quer ver quem mais passou por lá? Confira na galeria!

Vencedores:

Estilista de Moda Feminina em Ascensão: Thomas Tait

Estilista de Moda Masculina em Ascensão: Grace Wales Bonner

Designer de Acessórios em Ascensão: Jordan Askill

Estilista de Tapete Vermelho: Tom Ford

Modelo do Ano: Jourdan Dunn

Prêmio de Reconhecimento Especial: Karl Lagerfeld

Marca do Ano: Stella McCartney

Desginer de Acessórios: Charlotte Olympia

Estilista de Moda Feminina: JW Anderson

Estilista de Moda Masculina: JW Anderson

Ícone Britânico de Estilo: FKA Twigs

Prêmio Especial Isabella Blow: Nick Knight OBE

Novo Estilista de Renome: Mary Katrantzou

Fonte: Glamurama

❤ ❤ ❤