Carlinhos Brown incendeia a plateia no seu retorno a São Paulo

O primeiro show do Carlinhos, depois de 12 anos sem pisar em palcos paulistanos, levou o público ao delírio.

Com casa cheia, o músico apresentou um cardápio musical variado com composições dos seus 37 anos de carreira, além das novas canções do recém lançamento do CD, Artefireaccua – Incinerando o Inferno. O espetáculo reuniu formadores de opinião e imprensa, além de convidados como o fotógrafo Bob Wolfenson, o stylist Dudu Bertholini, o DJ Zé Pedro, o jornalista José Simão, o publicitário Joca Guanaes, o promoter Helinho Calfat, os empresários Caito Maia, Cacá Ribeiro e Valdemar Iodice. Com concepção geral e direção assinada por Paulo Borges, o músico termina hoje (13) a sua passagem pela terra da garoa.

Show do Carlinhos Brown: Artefireaccua – Incinerando o Inferno
Dia: 13/07 (Última apresentação)
Horário: 21h
Local: Teatro Santander (Complexo Shopping JK Iguatemi)

🎶 🎧 🎶 🎧 🎶

Coleções da SPFW chegarão às lojas logo após desfiles, anuncia Paulo Borges

Em entrevista ao jornal “O Estado de S.Paulo“, Paulo Borges, organizador da São Paulo Fashion Week, anunciou que a partir de 2017 o evento terá seu calendário alterado para que as coleções cheguem às lojas logo após, ou até simultaneamente, aos desfiles e que o evento abandonará nomenclaturas baseadas nas estações do ano, como Inverno e Verão.

Paulo Borges – Foto Divulgação

“Hoje as redes sociais fomentam o desejo de consumo de uma maneira muito poderosa. O que está em discussão é como usar essa força de forma ágil e imediata”, falou Borges na entrevista. Segundo ele, a edição de novembro deste ano já será uma versão “híbrida” do evento. 

As marcas devem seguir o exemplo de grifes como Burberry e Moschino. A Riachuelo, que faz parte do calendário da SPFW há algumas temporadas, é uma das marcas que já disponibiliza as peças simultaneamente aos desfiles. “Tem que haver um novo entendimento do negócio, mas já tem gente que está fazendo coleções cápsulas para lançar nas lojas ao mesmo tempo do desfile. Isto já é uma realidade”, fala Borges.

Por sua vez, as altas temperaturas do Brasil foram a razão para mudar as nomenclaturas da SPFW. “A moda é global, o desejo é global. Não é a estação do ano que impulsiona as vendas. E, no Brasil, faz sempre calor”. Assim, as edições acontecerão em fevereiro e final de julho ou início de agosto.

A saída de Alexandre Herchcovitch, um dos grandes nomes da semana de moda, da direção criativa de sua marca homônima, anunciada em fevereiro, não deve interferir no andamento do evento, de acordo com o organizador. “A minha vida vai andar para frente. Agora, você acredita que Alexandre morreu?”, comentou Paulo.

“É como aconteceu com Galliano, com Lacroix, com Gaultier. Isso acontece na vida do criador. Por outro lado, teremos a estreia da marca Amir Slama e de outras marcas. Tudo isso mostra que o mercado continua em construção. É um mercado vibrante, em transformação constante e muito resiliente.”

REBLOG: Mulher.Uol

👠👗👜👢👒👡👚