ALIMENTAÇÃO PÓS-TATUAGEM E PIERCING: VEJA COMO NÃO ERRAR

logo-natue

Há séculos a arte de colorir e perfurar o corpo é conhecida e cultuada por diversas nacionalidades, mas as opiniões ainda diferem sobre essa habilidade. Para uns, esse ofício é visto como um modo de vida, já para outros como vandalismo no corpo. Contudo, para os que se arrependem, mesmo as técnicas de remoção atuais podem deixar cicatrizes e variações de cor sobre a pele. Por isso é tão importante ter certeza da sua decisão e escolher um profissional capacitado para o procedimento. Além do mais, existem muitos mitos em relação à alimentação pós-tatuagem. Então, veja como cuidar do piercing e da tatuagem.

PRINCIPAIS CUIDADOS

De acordo Renato Sampaio, diretor fundador da Associação de Tatuadores e Perfuradores do Brasil e especialista em biossegurança e controle de infecção em atividade de risco, 90% da responsabilidade é do profissional durante o procedimento da tatuagem ou do body piercing, mas os outros 10% fica a cargo do cliente em seguir corretamente as orientações dadas. Por isso, é comum o estúdio profissional entregar os cuidados por escrito para evitar a automedicação. “Se não houver essa cumplicidade entre profissional e cliente as reações podem ser bastante severas, como contaminação por hepatites virais, HIV e dermatites”, afirma.

Outro ponto que merece atenção é em relação à escolha do estúdio de tatuagem e body piercing. A Associação de Tatuadores e Perfuradores do Brasil estima que existam cerca de 30 mil estúdios na capital de São Paulo, dos quais apenas 159 são legalizados.

CUIDADOS DEPOIS DE FAZER TATUAGEM OU POR PIERCING

Para o piercing deve-se lavar o local duas vezes ao dia, de preferência no banho com sabonete líquido com ph neutro. Também é importante evitar praia, piscina e sauna no primeiro mês. Já para a tatuagem, Sampaio orienta passar uma fina camada de pomada após o banho e fazer a troca do plástico PVC que é aplicado no corpo e protege o local. “O plástico serve com barreira para evitar contaminação cruzada e auxilia na reconstituição celular”, explica.

ALIMENTAÇÃO DEPOIS DE FAZER TATUAGEM OU BODY PIERCING

Após fazer uma tatuagem, é comum a recomendação para evitar alimentos gordurosos, como carne de porco, amendoim e chocolate, para não dificultar a cicatrização. No entanto, segundo a nutricionista Carolina Arbache, não existe fundamento nessa crença, já que apenas pessoas com alergia ou sensibilidade a esses alimentos devem evitá-los para minimizar processos alérgicos, que podem piorar a cicatrização do piercing ou da tatuagem. “Não existe nenhuma evidência científica de que esses alimentos atrapalhem a cicatrização do piercing e da tatuagem. Entendemos que o processo de cicatrização após esses procedimentos é o mesmo processo de cicatrização de feridas e as recomendações de alimentação são as mesmas”, orienta. Portanto, para ter uma boa cicatrização é importante seguir uma dieta adequada. Alimentos que sobrecarregam o organismo e prejudicam o seu funcionamento podem interferir no processo.

ALIMENTOS QUE AJUDAM NO PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO

Este slideshow necessita de JavaScript.

1 – Segundo Carolina Arbache, é preciso ter um bom aporte de nutrientes para que a cicatrização ocorra de forma adequada. “Carnes e ovos, além de cereais integrais, leguminosas e oleaginosas, são fontes de proteínas e aminoácidos essenciais para o restabelecimento do tecido lesionado”, conta.

2 – “O colágeno é a principal proteína que constitui a pele, por isso suplementos de colágeno hidrolisado ajudam no reestabelecimento desse tecido”, explica a nutricionista.

3 – A glutamina e a arginina são importantes para o fortalecimento do sistema imunológico. “A suplementação desses aminoácidos isolados acelera o processo de cicatrização”, diz Carolina.

4 – O zinco também merece destaque. “Ajuda no processo de cura porque atua na produção natural de colágeno e fortalece o sistema imunológico, evitando futuras complicações, como processos infecciosos”, ressalta a nutricionista. O zinco é encontrado em frutos do mar, peixes, carnes, feijões e castanhas.

5 – “Por ser antioxidante, o selênio protege as células dos danos oxidativos provocados pela tatuagem ou piercing”, ressalta a nutricionista. O selênio é encontrado nas castanhas, especialmente a Castanha-do-Pará.

6 – “A vitamina C é importante para o sistema imunológico e a síntese de colágeno, ou seja, é fundamental no processo de cicatrização”, conta Carolina. A vitamina C é encontrada em frutas cítricas, acerola, brócolis, pimentão e mamão.

7 – De acordo com a nutricionista, a vitamina A é essencial para a saúde da pele e defesas do organismo. É possível encontrá-la na abóbora e frutas amarelas e laranjas.

8 – “A vitamina E também é um importante oxidante, pois protege a membrana celular, minimizando danos causados por agressões na pele”, diz Carolina. A vitamina E é encontrada em óleos vegetais, castanhas e abacate.

Por: ISABELLA FEITOSA

Natuelife

📍📍📍📍📍📍