Petit Pli | Linha de Roupas que Acompanha o Crescimento das Crianças?

Quem tem filhos sabe a frustração que é comprar roupas para crianças que em pouco tempo não vai lhes servir mais. Não seria maravilhoso se a roupa pudesse acompanhar o rápido crescimento da criança? Bem, isso agora é possível com a linha de roupa infantil Petit Pli, projeto de pós-graduação do designer Ryan Mario Yasin para a Royal College of Art.

Yasin plissou um tecido sintético para que ficasse sanfonado, isso permite que as roupas se estiquem até mesmo depois do crescimento da criança. Yasin criou Petit Pli depois de comprar roupas para seu sobrinho, que já não se ajustava pois a criança havia crescido.

ESPIA SÓ!

Com seu design sanfonado futurista, a coleção de roupas é impermeável ​​e à prova de vento, e se adapta ao crescimento de crianças de 6 a 36 meses. O designer espera que ao criar roupas para crianças que durem mais tempo, ajudará a reduzir os gastos com novas roupas pelos pais e também a enorme quantidade de resíduos gerados pela indústria de vestuário. Esse com certeza é um exemplo perfeito de slow fashion.

“As crianças superam suas roupas em questão de alguns meses, mas nós as vestimos com roupas como se fossem adultos miniaturizadas, em vez de projetá-las desde o início”, disse ele a Dezeen“Com 11 milhões de crianças no Reino Unido, pensei que era hora de redesenharmos as roupas para crianças”. 

Ele usou seus conhecimentos de engenheiro aeronáutico para criar uma roupa origami que possui um conjunto de dobras permanentes que deixaram a roupa se descompactar quando puxada, à medida que as crianças ficam maiores. O interessante no design plissado das roupas é que lembram o estilo da grife japonesa Issey Miyake.

ESPIA SÓ!

Essa é a primeira vez que alguém projeta roupas para crianças que “crescem” com elas e ainda ajudam a reduzir o descarte gerando economia aos país. Não é fantástico? Basta agora saber se as crianças vão querer usá-las!

Fonte: STYLO URBANO

GOSTARAMinterrogação

Com 150 peças, maior mostra de looks de Elizabeth II entra em cartaz

“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe”, em cartaz no Palácio de Buckingham Créditos; Getty Images

Vestidos, capas e casacos do guarda-roupa da rainha Elizabeth II – uma das clientes de alta-costura mais antigas e fieis do mundo – serão exibidos a partir deste fim de semana, e até o dia 2 de outubro, no Palácio de Buckingham, na mostra “Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – a maior já dedicada a suas roupas, e que marca as comemorações do aniversário de 90 anos da monarca.

Com 150 peças, esta é a exposição central de um total de três mostras dedicadas às roupas da rainha, que vão acontecer simultaneamente. As demais se encontram no Holyroodhouse, em Edimburgo (em cartaz até o dia 16 de outubro), que explora o xadrez tartan presente nas produções da realeza, e no Castelo de Windsor (em cartaz a partir do dia 17 de setembro), que reunirá trajes noturnos usados em ocasiões especiais. Cada uma trata as vestes da monarca sob um ponto de vista particular .

Segundo Caroline de Guitaut, curadora das três exposições, o conceito da mostra do Buckingham é refletir o equilíbrio com que a rainha sempre se preocupou para criar seu estilo próprio, se certificando de que as roupas não a atrapalhariam durante seu trabalho. A forma como a monarca sempre esteve aberta a novos talentos também entra em pauta. Em 1952, quando precisava de um manto cerimonial, Elizabeth pediu ideias para estudantes da Royal College of Art, de Londres, e acabou elegendo um modelo feito por um deles, considerada moderna para a época.

Destaque para as criações assinadas pelo costureiro de longa data da rainha, Norman Hartnell, que desenhou seu vestido de noiva e, seis anos depois, o vestido que ela usou em sua coroação. Pela primeira vez, as duas peças serão exibidas juntas. Dois dos raríssimos looks pretos usados por Elizabeth II quando jovem, criados por Hartnell, também estão em cartaz. Depois que foi coroada, a rainha só tem permissão para usar a cor em situações de luto ou visita ao papa.

“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
Chapéu criado por Angela Kelly usado pela rainha no casamento de seu neto, o príncipe William, com Kate Middleton, em cartaz na exposição “Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
Detalhe de vestido criado por Hardy Amies em cartaz na exposição “Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images
“Fashioning a Reign: 90 Years of Style from The Queen’s Wardrobe” – Palácio de Buckingham Créditos: Getty Images

REBLOG: Glamurama

A expo fica aberta até 2 de outubro. Se estiver em Londres, tem que visitar!

3 - ficadica