O QUE COMER ANTES DE DORMIR?

Durante o sono, o corpo descansa, principalmente o cérebro, órgão responsável por todas as ações desempenhadas pelo corpo ao longo do dia, como “guardar” todas as informações utilizadas enquanto se está acordado, como as memórias. A dificuldade de dormir ou de manter um sono continuo é um problema vivido por muitas pessoas, e muitas vezes está relacionada a alimentação. Uma alimentação saudável e equilibrada é um dos fatores para ter uma noite de sono com qualidade.

ALIMENTOS QUE AJUDAM A TER UM BOA NOITE DE SONO

Alguns alimentos com propriedades calmantes auxiliam o organismo a ter um sono prolongado e com qualidade. Estes alimentos possuem substâncias precursoras de hormônios que promovem sensação de bem-estar, como o triptofano, aminoácido percussor da serotonina e da melatonina, ambos relacionados com a sensação de bem-estar e indução do sono, além de serem responsáveis por diminuírem os níveis de cortisol no sangue, e consequentemente o estresse.

O triptofano é encontrado em quantidades menores em alimentos fonte de proteínas e em grandes quantidades em:

  • Aveia
  • Iogurtes
  • Soja
  • Milho
  • Banana
  • Tâmaras
  • Ovos e no leite

Quando consumido alimentos fontes de proteína, principalmente do aminoácido triptofano, junto com alimentos fontes de carboidratos, se tem a facilitação na captação desse aminoácido na corrente sanguínea, onde a insulina age como facilitadora durante a absorção do aminoácido pelo cérebro.

ALIMENTOS QUE DEVEM SER EVITADOS

DURANTE A NOITE!

Alguns alimentos possuem substâncias que são estimulantes para o cérebro, e quando ingeridas perto do horário em que se deseja dormir, agem ativando o sistema nervoso central, e assim inibindo a liberação de serotonina e de melatonina, ambas responsáveis pelo sono.

A principal substância consumida é a cafeína, presente no café, refrigerantes sabor cola, chocolates, erva mate e guaraná. Esta substância pode evitar que se durma ou até mesmo evitar um sono contínuo, fazendo com o sono seja interrompido durante a noite.

Outra substância é a tiramina, encontrada em queijos amarelados, principalmente no queijo cheddar. A tiramina afeta a liberação de noradrenalina, responsável por induzir o sonho, que ocorre quando se está em um sono profundo. O mesmo acontece quando se consome álcool durante a noite.

O consumo de alimentos gordurosos também não é indicado antes de dormir, pois dificulta a indução do sono. O motivo para que isso ocorra, se dá pelo fato da digestão desses alimentos demorarem mais do que o normal, fazendo com que a grande parte da energia do corpo seja desviada para essa função, causando desconfortos.

DICAS DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA DORMIR BEM

  • Consumir alimentos com baixa quantidade de gordura em sua composição, e que facilitam o processo de digestão
  • Prefira bebidas que contenham substâncias calmantes, como chá de erva cidreira, chá de camomila, passiflora, suco de maracujá, leite quente com mel
  • A oleaginosas (castanha do Pará, castanha de caju, amêndoas) são ótimas fonte de selênio e de triptofano, que auxiliam na produção de serotonina
  • Se alimente 2 horas antes de dormir, para que não tenha a sensação de estufamento ou desconforto abdominal
  • Evite consumir alimentos que sejam estimulantes perto do horário em que for dormir
natue

O QUE É KEFIR E QUAIS SÃO SEUS BENEFÍCIOS?

logo-natue

Também conhecido como “quefir”, cogumelo tibetano, tibico, plantas de iogurte e cogumelo de iogurte, o kefir é um leite fermentado produzido a partir da ação dos micro-organismos presentes naturalmente nos grãos de kefir. Sua origem remonta às montanhas do Cáucaso, há séculos. O termo kefir vem do eslavo “keif”, que significa bem-estar ou bem viver.

O kefir vem se tornando popular nas últimas décadas, principalmente em países da Europa Central.  No Brasil ainda é produzido em escala familiar, conhecido por outros nomes e até mesmo considerado um tipo de iogurte. O aumento do consumo em várias regiões do Brasil está relacionado às suas características sensoriais e funcionais.

Os grãos são constituídos por uma associação positiva entre leveduras e bactérias benéficas. Os micro-organismos presentes nos grãos variam de acordo com a região de origem, o substrato utilizado para a produção do kefir, o tempo de utilização e as técnicas usadas para a sua manipulação.

Benefícios do kefir

Este slideshow necessita de JavaScript.

COMO CUIDAR DO KEFIR?

Para produzir kefir é necessário possuir os grãos de kefir, por isso é comum a doação dos grãos pelas pessoas que produzem. Esses grãos devem ser imersos em um substrato, que pode ser leite [de vaca, cabra, ovelha ou búfala], água com açúcar mascavo ou sucos, mas as formas mais comuns são pelo cultivo em leite ou água com açúcar.

A proporção indicada é de uma colher de sopa de grãos de kefir para cada meio litro de líquido. Indica-se que a mistura seja colocada em um pote de vidro, que não deve ser tampado, apenas coberto por um pano ou guardanapo e mantida a temperatura média de 20ºC a 37ºC.

Para consumir um kefir mais suave, é indicado o tempo de fermentação médio de 6 horas. Para obter o produto mais denso e ácido, o processo deve durar até três dias. Após fermentado, o prazo de validade do kefir sob refrigeração é de até três dias.

KEFIR LEITE X KEFIR DE ÁGUA

O kefir pode ser cultivado de várias formas, as mais comuns são leite e água. O sabor e o aroma do kefir variam de acordo com a ação metabólica das bactérias e leveduras presentes nos grãos.
O mais usual é o kefir de leite de vaca. O kefir de água pode ser produzido em água contendo açúcar mascavo ou suco de frutas. Independente do substrato em que o kefir será preparado, sua composição microbiana e os produtos gerados durante o processo são similares.

COMO CONSUMIR KEFIR?

Para consumir o kefir é indicado passar a mistura em uma peneira para separar os grãos do líquido. Os grãos podem ser reaproveitados para produzir um novo kefir. A aparência física do kefir é semelhante ao do iogurte e da coalhada, que pode ser misturado a frutas, mel, aveia ou de acordo com a sua preferência.

logo-natue

5 DICAS PARA DORMIR MELHOR

logo-natue

por Nature’s Bounty

Além de ajudar a evitar a preguiça na hora de acordar, melhorar as suas noites de sono faz com que você tenha mais disposição. Não dormir bem provoca alterações de humor, sono e falta de concentração durante o dia. Por isso, selecionamos algumas pequenas dicas que podem ajudar você a dormir melhor.

PRESTE ATENÇÃO À SUA ALIMENTAÇÃO

Prefira refeições leves no jantar. Não se esqueça que o corpo precisa digerir os alimentos enquanto você dorme, por isso, os alimentos de difícil digestão podem prejudicar a qualidade do sono. Também é importante tomar cuidado com as quantidades. Comer muito ou ir dormir com fome pode fazer com que você se sinta inquieto e não consiga pegar no sono. Além disso, evite café no período da noite, que é estimulante e faz com que o sono demore mais para chegar. Por outro lado, tomar um leite morno ou um chá de camomila pode ajudar a dormir.

MAGNÉSIO PODE AJUDAR

O magnésio é um nutriente presente em grande quantidade no nosso corpo e é responsável por diversas funções. De acordo com a nutricionista Bruna Bellusci, esse mineral colabora diretamente para o relaxamento muscular, por isso ajuda a dormir melhor e, consequentemente, a ter mais disposição para as atividades do dia seguinte.

FAÇA EXERCÍCIOS NA HORA CERTA

É verdade que os exercícios devem fazer parte da rotina e são muito importantes para a saúde, mas se forem realizados à noite podem prejudicar o sono. É importante finalizar as atividades físicas algumas horas antes de ir deitar. Apesar de ajudar no gasto de energia e na sensação de cansaço, os exercícios nos deixam acelerados e aumentam a temperatura corporal, o que pode fazer com que você fique agitado e não consiga dormir.

PROCURE DORMIR SEMPRE NO MESMO HORÁRIO

Se você precisa acordar cedo o ideal é ir para a cama cedo. Respeite a quantidade de horas de sono que seu corpo precisa para estar bem-disposto no dia seguinte e procure dormir e acordar sempre nos mesmos horários para regular o ritmo circadiano, mecanismo corporal responsável por regular funções biológicas, entre elas a fome e o sono.

É NECESSÁRIO SE DESCONECTAR

Apague as luzes, desligue a TV e deixe de lado o celular. Se desligar do mundo pode ser muito difícil para algumas pessoas, mas é extremamente importante para relaxar. Além disso, a cama é um lugar de descanso e a luminosidade pode ser prejudicial quando você está tentando dormir. Em ambientes escuros dorme-se melhor, isso acontece porque a melatonina, hormônio responsável pelo sono, é produzida quando estamos em ambientes com pouca luz.

Natuelife