Interior Fashion Arts/2016 | A Moda e Seus Infinitos Cafezais

Ribeirão Preto irá sediar o maior evento de moda do interior de São Paulo.

O IFA será de 20 a 22 de outubro com showroom de moda atacadista, palestras e desfiles com marcas e estilistas renomados.

A Estrada de Ferro Mogiana foi responsável pelo notável progresso da Vila do Ribeirão Preto, a partir de 1883. Além da ferrovia, as correntes migratórias que paulatinamente foram substituir a força do trabalho escravo representaram outro fator de progresso do Município. A produção cafeeira impulsionou a economia do Oeste Paulista e dessa forma, a aristocracia tinha acesso a todas as novidades lançadas na Europa. O café foi um dos responsáveis pelo progresso econômico da cidade que viveu anos de glória, tornando-se a “capital mundial do café”.

Devido à sua agitada vida noturna, Ribeirão Preto foi denominada “petite Paris” (pequena Paris). O grande poder aquisitivo dos coronéis do café fez com que a cidade se desenvolvesse a ponto de ser comparada a grandes metrópoles da época, como a capital francesa. Imitando sua arquitetura e hábitos sociais, surgiram vários teatros e sociedades que promoviam os eventos e entretenimentos sociais.

As modas de cores de vestidos, de enfeites de chapéus, de espartilhos, de penteados, eram seguidas pelas mulheres da “alta sociedade” cafeeira. Estas mulheres também tinham agora uma vida noturna – na qual podiam “desfilar” seus suntuosos vestidos – iam a bailes, cinemas, teatros, cafés e praças. O luxo adquiriu proporções tamanhas que as mulheres da sociedade que tinham maiores condições financeiras, iam a Paris para se vestir, se calçar, se pentear e se perfumar.

Muitos enxovais de casamento das mulheres ribeirão-pretanas eram encomendados a costureiras parisienses. Os ribeirão-pretanos abastados possuíam seu próprio apartamento em Paris. Ribeirão Preto, envolvida na dinâmica da cultura cafeeira, era um pólo de extrema importância na urbanização das cidades interioranas e receptoras das novidades europeias.

A significação da moda está nas relações, nas vivências, nas representações e naquilo que direciona a conexão dos indivíduos com as roupas. A busca pelo belo sempre esteve presente em nossa sociedade, através de suas roupas que expressam ideias, conceitos e atitudes.

O que é o evento?

O Interior Fashion Arts (IFA) é um evento que veio por conta da ausência de uma ação que envolva moda e arte no interior de São Paulo, começando por Ribeirão Preto. É um nicho ainda muito a ser explorado, pois podemos observar que as principais regiões do País possuem um evento como esse. O objetivo é fomentar a região para negócios com esses setores, onde grandes marcas e estilistas apresentarão as tendências na passarela e lojistas atacadistas poderão lançar novas coleções e fechar negócios na feira interna. Pessoas ligadas a arte também terão espaço para expor trabalhos e realizar ações dentro do evento.

Moda e negócios

O evento envolverá feira de negócios atacadista, palestras e desfiles de grandes estilistas, no Centro de Eventos Taiwan. O evento vem de encontro com a pesquisa do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) Maps, que aponta que o potencial de consumo no setor será 9,3% maior que em 2015, superando R$ 825 milhões.

Uma exposição de estilos recepcionará os visitantes na entrada do evento. Com o tema “A moda e seus infinitos Cafezais”, a mostra terá como proposta aliar moda e arte. Renomados estilistas da cidade e da região foram convidados pelo IFA para resgatar a moda da época de ouro em Ribeirão Preto e transportar os estilos das baronesas para as tendências atuais. No final do evento, as roupas e acessórios serão leiloadas para entidades locais.

Palestras promovidas pelo Departamento de tecnologia de Moda do SENAI de São Paulo e Franca/SP e pelo SEBRAE e a Galeria de Artes produzida pela Secretaria de Cultura da cidade também fazem parte da programação do Interior Fashion Arts.

Promovido pela Dress Code Eventos e Oceano Azul Eventos, o IFA já conta com o patrocínio de empresas ligadas ao segmento, como o Shopping Iguatemi Ribeirão Preto e a grife Golfe Class, além do apoio da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp), do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Senai, Sebrae, Sindicato das Indústrias do Vestuário de Ribeirão Preto (Sindiverp) e Convention & Visitors Bureau e Secretarias de Cultura e Turismo.

Glamour

Durante três dias, a cidade de Ribeirão Preto irá respirar moda. Enquanto ocorre a feira de negócios voltada para lojistas do varejo e para aqueles que querem mergulhar neste universo da moda, quatro desfiles ocorrerão a cada dia. Para o primeiro dia já está confirmado João Pimenta, que irá lançar uma coleção exclusiva no IFA. O estilista desfila há cinco anos no SPFW. O credenciamento de visitantes é gratuito pelo site www.interiorfashionarts.com.br.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A entrada será gratuita!!!

Demais Né!!! Ansiosa?

BoRaLá! 🙂

4

Fórum de Líderes de Salão de Beleza

Encontro propõe novas perspectivas para o setor.

Criatividade e ousadia são as palavras-chave para o sucesso de qualquer empreendimento. E é exatamente para incrementar os negócios do setor de beleza que o Instituto L’Oréal de Formação Profissional, a Beauty Fair, o Sebrae, a Associação Brasileira dos Salões de Beleza (ABSB) e a Associação Nacional de Artigos de Higiene Pessoal e Beleza (ANABEL) realizam em junho o Fórum de Líderes de Salões de Beleza no Hotel Renaissance, em São Paulo.

O encontro voltado para empresários do mercado de beleza profissional acontece nos dias 26 e 27 de junho e tem como objetivo principal fortalecer o segmento de serviços de beleza. Proprietários, diretores e gerentes poderão aprimorar sua visão comercial e a capacidade de ajustar a gestão ao atual cenário do mercado brasileiro. Palestras de grandes nomes da economia e do empreendedorismo do nosso país vão ajudar a encontrar novos rumos e oportunidades para melhorar e/ou expandir seus negócios.

Organizado pela Beauty Fair, o Fórum de Líderes de Salões de Beleza terá inscrições pelo site Líderes de Salões ou pelo telefone (11) 3373-4633.

PROGRAMAÇÃO
Dia 26/06 – 14h às 18h30
· Abertura
· Desafios e tendências do varejo – Flávio Rocha, CEO do Grupo Riachuelo, e Júlio Takano, sócio-diretor e fundador da Kawahara | Takano soluções para varejo e presidente da ABIESV.
· Comportamento do consumidor Brasil e seus reflexos no varejo – Daniela Dantas, diretora da WGSN Mindset na América Latina.
· Mundo digital
· Salon Emotion: soluções para a crise – Adriano Santos, Diretor de Formação Comercial da Divisão de Produtos Profissionais da L’Oréal.
· Debate: Soluções inovadoras para o salão.

27/06 – 10h às 18h30
· Abertura
· A Conjuntura Econômica do Brasil e Perspectivas – Mirian leitão, jornalista e apresentadora do Globo News. Comentarista econômica do Bom Dia Brasil, TV Globo.
· Como enfrentar a crise e o que vem depois dela – Alberto Serrentino, Fundador da Varese Retail e consultor com mais de 30 anos de experiência em varejo e consumo.
· Números do mercado de salões de beleza -Andréia Mariano, superintendente executiva da Bradesco Cartões.
· Atual cenário: Mercado de beleza – Andrezza Torres, Coordenadora Nacional da Carteira Beleza e Bem Estar do Sebrae.
· Projeto de lei “Salão Parceiro” – José Augusto, presidente da Associação Brasileira dos Salões de Beleza (ABSB).
· Debate Final

26 e 27 de junho de 2016

Hotel Renaissance – São Paulo

QUEM É LÍDER, VAI!

Felinos – Svetlana A/W16 – Vegana de Corpo e Alma!

Inspirada pelos grandes felinos, a Svetlana lança sua coleção de inverno com uma grande novidade. A marca acaba de ser reconhecida pelo Sebrae e pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) como a única label vegana de roupas no país. A estilista Mariana Iacia trabalhou por 5 anos na Stella McCartney, de onde trouxe a filosofia de não usar nenhuma matéria prima animal na sua produção.

Foto Divulgação

A coleção ”Felinos” traz o patchwork como carro chefe e saias envelope, tricots e moletons em preto, off white, rosa bebê, menta e prateado. A inspiração animal vêm em estampas de gatos, tigres e alusões a arranhões.

Destaque para a bomber jacket em cetim com bordado nas costas. Ponto alto também para os pratos de cerâmica, objetos assinatura da marca, que chegam com estampas de felinos de todos os portes.

1
Foto Divulgação

Vegana de carteirinha, Mariana Iacia percebeu que faltava na moda brasileira marcas que seguissem a linha cruelty free na fabricação de suas coleções. Assim nasceu a Svetlana, vegana de corpo e alma: ”não utilizamos couro, camurça, pele e nem seda, e nada testado em animais” explicou a estilista.

A Svetlana traz um pouco do mundo em suas coleções: cinema B europeu, artistas de rua, e até o encontro entre Miami e o Brasil já serviram de inspiração para Mariana Iacia, que além de roupas, cria maxi acessórios, almofadas, canecas e pratos de porcelana com estampas kitsch – que viraram uma obsessão entre os fãs da marca. São as estampas que ditam o rumo das coleções, que sempre contam com peças de beachwear e moletons de neoprene. Sem ficar presa a coleções, a Svetlana cria roupas para pessoas do mundo.

A Svetlana pode ser encontrada na loja da marca em Ipanema e em pontos de venda internacionais como na americana Anthropologie.

🌺🌺🌺🌺🌺