Sasha | Revista Glamour de Março

Sasha é a capa da revista Glamour de março

Alguns trechos da entrevista:

Sasha, conta como é sua vida em Nova York?

Bem, os estudos ocupam grande parte dela. Porque tem a faculdade [Sasha estuda fashion design na prestigiada Parsons School of Design e conclui o curso em 2020], cuja carga horária varia dia a dia, e os milhares de projetos que tenho que fazer. Faço à tarde, aos fins de  semana… sou bem dedicada. Nas horas vagas, cuido da casa e saio com meus amigos brasileiros. Tem vários morando aqui. O programa preferido é sair pra comer.

E sua casa? Quem limpa, cozinha…?

Moro com uma das melhores amigas, a Bruna Muniz Moreira, em Downtown, e a gente divide tudo. Combinamos quem arruma, quem cozinha. Ela é amiga de infância, cresci com ela. Como já morava aqui, me mudei pro seu apê. Temos uma pessoa que vem de vez em quando e nos ajuda. No começo [Sasha se mudou pra lá em agosto do ano passado], era dramático o lance da cozinha. A gente esquecia o forno ligado direto. Uma vez, coloquei água pra ferver e saí pra faculdade… acredita?! Voltei na hora, em pânico!

Agora, falando da sua faceta estilista. Em outubro passado, você criou uma linha de roupas e desfilou pela Coca-Cola Jeans no São Paulo Fashion Week. Na mesma semana, abriu seu Instagram e clicou a campanha deles. É tudo parte do mesmo pacote?

Sim, um combo! Minha história com eles começou em 2014, quando fui ver um desfile de que a Bruna Marquezine, amigona minha, participou. No backstage, conheci o André [Jório, diretor da marca]. Um tempo depois, ele me procurou com uma proposta. Confesso que fiquei bem insegura – acho que tenho tanto a aprender! Mas eles foram tão pacientes e parceiros, me passaram uma confiança! Falei: “Vocês sabem que estão contratando alguém que está aprendendo, né?”. Me preocupo muito com isso. Hoje funciona assim: tenho ideias malucas, e eles me dizem se elas são viáveis. Tenho aprendido muito sobre o que funciona, o que vende, se o custo-benefício das peças que proponho é possível… Nosso contrato é de três anos. 

Como você descreveria a relação com seus pais?

Sou muito, muito sortuda de ser filha de quem sou. Por exemplo: minha mãe modificou toda a agenda dela para ficar comigo por duas semanas quando me mudei, me ajudar a organizar tudo. Ela e meu pai [o empresário e ator Luciano Szafir] me apoiam em tudo que faço, conversamos sobre todos os assuntos. É muito amor… Outro dia, vi um vídeo da cara do meu pai quando entrei na passarela da Coca. Tão fofa a reação dele!

glamour_sasha1615
Sasha posa para a Capa da Glamour (Foto: Yuri Sardenberg e Aninha Monteiro/Glamour)

Sasha segundo…

O pai:

“Eu babo para falar da minha filha! Sasha é uma menina inteligente, linda, de personalidade forte. Não se deixa levar pela opinião de ninguém, sempre soube o que quis e foi mais madura que a idade. Antes, preferia ficar mais na dela. Agora, está aparecendo mais, mas não sem motivo. A razão é o trabalho. Ela tem um contrato com uma marca, está estudando moda. Para mim, Sasha morar nos Estados Unidos é maravilhoso e péssimo ao mesmo tempo. Maravilhoso porque ela faz uma faculdade ótima, tem liberdade e não vive mais em um país extremamente perigoso como o nosso. Péssimo porque sentimos saudade e não nos vemos mais todos os dias como antes.”

Luciano Szafir, ator

A mãe:

“Admiro muito a personalidade, o caráter, a maneira de Sasha ver a vida e, claro, seu coração bondoso. Desde pequena, quer ajudar as pessoas, os bichos, os velhos (cabeças brancas, como ela chamava!)… Ela é do jeito que eu pedi a Deus e não me acostumo nunca a ficar longe dela. Ela é sol, alegria, cheiro bom… Quando está do meu lado, nada mais tem importância. Somos amigas e sempre a tratei com muito respeito. O lado mãe só aparece quando tem perigo, pois quero protegê-la de drogas, amizades falsas, desilusões… Mas não dá para protegê-la de tudo, sei disso. Ela nunca deixou de me dizer ‘cheguei’, ‘vou dormir’, e ‘bom dia, acordei’. Não é questão de vigiar, é para ter certeza de que ela está bem. Sasha nunca gostou de se expor e nunca havia manifestado desejo de estar em frente às câmeras. Foi a possibilidade de desenhar, criar sua própria linha que a deixou enlouquecida. É um sonho para qualquer menina que estuda moda. Por isso ela está saindo do casulo e vai se transformar em uma linda borboleta diante dos nossos olhos. Ela sabe que tem muito que aprender e se cobra bastante. Como nunca tinha feito uma capa, ficou nervosa, ansiosa e feliz. A Glamour vai ser um divisor de águas: ou ela vai em frente ou desiste.”

Xuxa, uma das poucas pessoas que dispensam sobrenome, né?

A amiga de infância: 

“Conheci a Sá pela Xuxa, no primeiro filme que fizemos juntas, Xuxa Abracadabra, em 2003. ‘Você e minha filha precisam brincar’, ela disse. Então me convidou para ir dormir na casa delas direto da gravação. Eu estava ansiosa, nervosa, feliz – pensa numa criança indo pela primeira vez à casa da Xuxa! Acordei com a Sá me cutucando e falando: ‘Oi, quer brincar?’. Desde então grudamos uma na outra. Sempre que a gente se encontra é a mesma alegria. Ela é minha irmã mais nova. E somos as duas leoninas, né? Podia dar errado. Mas nos damos bem exatamente por isso. Somos muito parecidas, nos conhecemos pelo olhar.”

Bruna Marquezine, atriz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.